Rondonista em Santa Rosa de Goias e Mamuel Emidio-PI,em 1977e 1978,gostaria de entrar em contato com participantes.


Postar minha mensagem

Ver outras mensagens

09/05/2013 - Projeto Rondon elege nova diretoria e será Instituto

Ver mais imagens

Notícias

21/07/2013 - Rondonistas movimentam Residencial Real Conquista

Os moradores da região puderam usufruir de serviços voltados à Saúde, além de participarem de palestras e oficinas artesanais

Centenas de moradores do Residencial Real Conquista, na Região Sudoeste de Goiânia, aproveitaram a manhã de sábado, dia 20 de julho, para cuidar da saúde. Eles participaram da ação de cidadania realizada no bairro pela Agehab, em parceria com o Projeto Rondon® Goiás e o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech). Para pessoas acostumadas a trabalhar durante toda a semana, foi uma oportunidade valiosa. Foi o caso da empregada doméstica Maria de Paula Pereira da Silva. “No fim de semana, quando tenho tempo, o posto de saúde está fechado, mas hoje e fiquei sabendo e aproveitei a chance”, contou.

A dona de casa Genecy Fernandes da Costa, de 40 anos, se submeteu a um teste de glicemia pela primeira vez na vida. “Fiquei muito satisfeita. Vou aproveitar tudo o que está disponível”, disse. Genecy deixou o local satisfeita, depois de constatar que a pressão arterial e a taxa de glicemia estavam normais, além de se imunizar contra hepatite B. Ela, assim como as outras pessoas que buscaram atendimento, foi encaminhada para assistir a uma palestra sobre prevenção de doenças e promoção à saúde do idoso, da gestante, aleitamento materno, diabetes, hipertensão e programa Hiperdia.

Para os acadêmicos de Enfermagem da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Goiás, que participaram do Projeto Rondon®, a ação também representou uma oportunidade. “É muito bonita essa iniciativa, de proporcionar o acesso melhor das pessoas às ações básicas de saúde, permitindo esse contato mais próximo, essa humanização”, observou André Francisco Ramos, estudante de Enfermagem, que trabalhou aferindo a pressão arterial dos moradores do conjunto habitacional. “Quando há uma ação voluntária como essa, com muita gente envolvida, as pessoas são estimuladas a participar”.

A oficina de bolsas confeccionadas com banners foi um sucesso. O objetivo é reciclar o material já usado e fazer sacolas de supermercados, que estão substituindo as sacolinhas de plástico. Uma das mais entusiasmadas com a oficina foi Marinélia da Silva Freitas, de 60 anos. Coincidentemente, ela conta que reuniu em casa mais de 20 metros de banners, pensando em aproveitar o material. Na ação, ela teve a oportunidade de unir intenção e ação. “Gosto de trabalhar com isso. A primeira oficina que aconteceu no Real Conquista foi na minha casa”, contou, orgulhosa.

Para as crianças, houve uma programação especial. Acompanhados por monitores, elas se esbaldaram brincando em duas camas elásticas e também fizeram fila para comer pipoca e algodão doce, feitos na hora e servidos à vontade.


A gerente de Serviço Social do Idtech, Sandra Costa, avaliou que os objetivos foram alcançados, com a grande participação da comunidade. Ela explica que o Projeto de Trabalho Técnico Social (PTTS) executado pelo Idtech com as famílias sustenta-se nos eixos da organização da sociedade, educação sanitária e ambiental e geração de trabalho e renda. Responsável pela parceria com o Projeto Rondon® no Idtech, Alex Lima disse que, mais uma vez, a integração dos acadêmicos com a comunidade, unindo teoria e prática, foi conquistada, em benefício da comunidade atendida.


Fonte: Projeto Rondon® - Goiás







Assine a nossa newsletter e receba as novidades sobre o Projeto Rondon:

Seu nome:


Seu e-mail: