Rondonista em Santa Rosa de Goias e Mamuel Emidio-PI,em 1977e 1978,gostaria de entrar em contato com participantes.


Postar minha mensagem

Ver outras mensagens

09/05/2013 - Projeto Rondon elege nova diretoria e será Instituto

Ver mais imagens

Notícias

28/04/2012 - Projeto Rondon® Goiás participa de ação de promoção à saúde na Feira Hippie

Rondonistas orientarão sobre a prevenção de tuberculose e farão triagem de pessoas com sintomas. A ação, que envolverá vários órgãos da Prefeitura, será coordenada pelo Conselho Municipal de Saúde

A maior feira da América Latina, a Feira Hippie, de Goiânia, será alvo neste domingo, dia 29 de abril, de uma ação voltada para a saúde de trabalhadores e visitantes promovida pela Prefeitura de Goiânia. A ação, que será coordenada pelo Conselho Municipal de Saúde e terá a participação do Projeto Rondon® Goiás, tem como objetivo, melhorar as condições sanitárias na feira, por onde passam, a cada fim de semana, 120 mil pessoas. Somente trabalhadores são pelo menos 17 mil, distribuídos em aproximadamente 9 mil bancas. Durante a ação, a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) fará o lançamento do Projeto Goiânia Coleta Seletiva na feira.

Várias atividades serão desenvolvidas na ação. Ao Projeto Rondon® Goiás, que participa a convite do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (Cerest), caberá a realização de uma campanha de combate à tuberculose. Serão distribuídos panfletos explicativos e feitas a orientação à população e a triagem de pessoas com sintomas suspeitos, que terão coletado material para a realização de exames diagnósticos da doença. No mesmo espaço destinado aos rondonistas, o Cerest oferecerá testes de glicemia e aferição de pressão arterial. Pacientes com suspeitas de hipertensão e diabetes serão encaminhados às unidades de saúde.

O Departamento de Vigilância Sanitária orientará sobre segurança alimentar e distribuirá cartilhas sobre acondicionamento correto de alimentos comercializados no local. O Departamento de Vigilância Ambiental levará agentes para o combate à dengue. Com a falta de cuidado dos feirantes e visitantes, o lixo produzido na feira acaba virando criadouro do mosquito quando vai parar nas bocas de lobo. Com a implantação da coleta seletiva na feira, a Comurg espera reduzir o problema.

Os agentes de educação ambiental da Companhia vão ensinar os feirantes a acomodar de maneira correta o lixo. Em uma oficina, cartazes e folderes serão distribuídos para informar o público alvo da ação sobre a importância de utilizar as lixeiras apropriadas para o descarte dos materiais orgânicos e recicláveis. Na feira do Sol, onde a Coleta Seletiva já foi implantada, a quantidade de lixo encaminhada ao aterro sanitário diminuiu na mesma proporção em que aumentou o aproveitamento de materiais como plástico e papel, porque os frequentadores do local se tornaram mais conscientes.

Fonte: Projeto Rondon® - Goiás







Assine a nossa newsletter e receba as novidades sobre o Projeto Rondon:

Seu nome:


Seu e-mail: